Posso ser hipnotizado?

Já deu por si a sonhar acordado? quando fixa o olhar numa janela, lê um livro ou simplesmente faz uma atividade rotineira?

Pois quero que saiba que então já sabe por si mesmo entrar em transe hipnótico de forma natural.

E sabendo que entra em média nesse estado idêntico à hipnose a cada 90 minutos e embora nem sempre dê conta, este é um processo tão natural como respeitar.

E é nesse estado, mas de um modo mais prolongado que se aplica as terapias de hipnoterapia.

Ficarei então a dormir?

Ao contrário dos mitos de hipnose resultado de filmes de ficção e de apresentações de palco, hipnose não é sono nem é dormir.

Certamente por vezes quando se vai deitar dá por si tão relaxado que começa a ter aqueles pensamentos há muito esquecidos, aquela ideia que já não se lembrava, ou mesmo a solução para o exame que não soube responder.

Pois bem, nesse estado de quase sono é quando a nossa mente inconsciente fica mais ativa, resultante que temos portanto acesso a informações que estando sempre registadas dificilmente no nosso dia a dia acedemos.

E os meus segredos?

Tratando-se de mais um mito de hipnose, em nenhum caso o consulente irá relevar quaisquer segredos que não queira indicar.

Importante entender que durante a terapia, existindo sempre total confidencialidade, o consulente poderá se assim o entender e se a sua mente inconsciente o permitir revelar apenas e somente as informações que achar adequadas para a resolução do seu problema.

Lembre-se que estará sempre em total controlo da situação, da sua coordenação motora e das suas faculdades mentais, sabendo no entanto que em hipnose terá a capacidade de se lembrar de todos os momentos da sua vida.

Tire as suas dúvidas

Irei me lembrar da sessão?

Sendo um dos mitos mais assustadores da hipnose, poderá ficar descansado sabendo que para além de se lembrar de tudo, irá inclusive se recordar durante muito tempo de tudo que se passar durante a consulta.

Entenda que hipnose não provoca amnésia mas sim supraconsciência, e será uma experiência tão maravilhosa e de tanta significância que dificilmente se irá esquecer de todos os momentos passados na terapia.

Até onde poderei ir?

Os limites do acesso ao seu subconsciente é por si definidos, informações ou momentos que não queira aceder não serão impostos nem provocados.

A cada aprofundamento hipnótico poderá regredir a todos os momentos da sua vida, mesma das memórias há muito tempo esquecidas, até aos momentos da sua infância e inclusive às experiências e sensações da vida intra-uterina, que muitas vezes marcam a nossa personalidade e comportamentos.

Terei memórias falsas?

Nas nossas consultas de hipnose por vezes o consulente relata vivências que não fazem parte das suas memórias normais, vivências em outros locais, talvez com as mesmas pessoas, mas em situações diferentes.

Não existe uma resposta concreta para definir o que são essas memórias, alguns terapeutas falam de relatos de vidas passadas, outros entendem que simplesmente é uma recriação mental de situações ocorridas, ou mudanças que são necessárias para se curar.

HIPNOPORTO Hipnose Hipnoterapia Porto Portugal Depressao Ansiedade Obsessão Fobia Medos Contactos Preços

Há vantagens na Hipnose?

Permite descobrir a causa do seu problema de um modo rápido e eficaz, permitindo então aplicar a terapia de hipnose mais adequada para o seu caso.

Se já está em tratamento a hipnose irá aumentar a eficácia desse tratamento, acelerando o seu processo de cura.

A hipnose é rápida?

A velocidade de cura dependerá de muitos fatores, no entanto a hipnose apresenta resultados mais rápidos e eficazes do que a psicoterapia e psicologia convencional.

A hipnose é tão rápida que muitos terapeutas convencionais já começam a procurar esta ferramenta  como complemento para as suas sessões.

A hipnose é segura?

A hipnose é um processo 100% seguro sem contra-indicações, no entanto apenas deve ser aplicada em pessoas que não sofram de doenças mentais profundas.

Não deverá ser então aplicada em pessoas que sofram esquizofrenia ou estados de demência bem como pessoas com problemas cardíacos graves ou com epilepsia.